04 julho 2010

O último Tango na África.




O resultado de 4 x 0, em que a Alemanha ficou com os quatro e a Argentina amargou o zero, não refletiu totalmente a beleza de futebol que pode sugerir uma goleada. Foi um jogo trucado, marcado por aquilo que é a tônica desta Copa, futebol enfeiado, esvaziado de criatividade. Para piorar, as arbitragens tem prejudicado o futebol sul-americano. O time brasileiro foi vítima no jogo contra a Holanda dessa 'má vontade' em apitar no primeiro tempo do jogo contra a holanda e o mesmo ocorreu com a Argentina.

Messi jogou bem, mas não foi o suficiente. A Alemanha tem um time coeso e jovem. Como o primeiro gol saiu logo aos 2 minutos do primeiro tempo, a Argentina teve de correr o tempo todo atrás do resultado e possibilitou muitos contra ataques, o que evidenciou sua frágil defesa. Triste a saída do time de Maradona da Copa.

Por falar em Maradona, vale dizer que ele é o antípoda de Dunga. São opostos como foram quando jogadores. Maradona é o compromisso com seu povo e sua tristeza é reflexo desse pensamento coletivo. Dunga demonstra ser politicamente de direita e chega a insinuar que a Ditadura não foi tão maléfica, a ponto de dizer que só aqueles que a vivenciaram possuem autoridade de refletir sobre ela. Já Maradona tem Chê tatuado no braço.

Um comentário:

  1. omar, querido! como foi a volta? já estão adaptados de novo?

    já viu que saíram os episódios 3 e 4 da isla presidencial?

    beijos!

    ResponderExcluir

Deixe a seu recado para 'A PATADA DE DINOSSAURO'